Abriu recentemente no Cais do Sodré, em Lisboa, e pretende ser também uma galeria de arte, onde todos podem entrar.

A Família Amorim Tattoo Shop já existe há nove anos, tendo passado a maior parte desse tempo na Avenida Almirante Reis, em Lisboa. Em abril de 2017 foi inaugurado um espaço no Chiado, também em Lisboa, e a 1 de maio deste ano abriu portas o segundo espaço da marca no número 13 da Travessa do Carvalho, em pleno Cais do Sodré.

Carlos e Mónica Amorim são os responsáveis por este novo espaço, com cerca de 50 metros quadrados. “A marca já existe desde 1998, ano em que o meu marido abriu a primeira loja em São Paulo, no Brasil. Em Portugal a abertura deu-se em 2009. A vontade de tornar a Família Amorim uma marca e de querermos ser uma opção de prestígio para qualquer cliente em qualquer parte da cidade fez-nos dar mais este passo.”, explicou à NiT a proprietária.

Mónica é atualmente diretora de operações numa empresa portuguesa que nada tem a ver com esta arte das tatuagens. Por essa mesma razão, muitos lhe perguntam como chegou a este mundo: “Tudo começou em Munique, num dia de muita neve, em que o Carlos Amorim me fez assistir a uma maratona de documentários sobre os seus tatuadores preferidos. A partir de então comecei a ler livros sobre o tema e a pensar em como poderíamos inovar.”.

Este novo espaço pretende ser bem mais do que apenas uma loja de tatuagens. A ideia passa por seguir o conceito de uma galeria de arte, onde qualquer pessoa possa entrar, independentemente de gostar ou não de tatuagens. “A nossa imagem de marca é o visual clean, descomplicado, onde a tatuagem é tratada enquanto arte. Fico muito feliz sempre que alguém entra e fica na dúvida se está numa loja de tatuagens. Missão cumprida.”, acrescentou Mónica Amorim.

Na loja estão à disposição serviços de tatuagem, bodypiercing e remoção a laser. O valor mínimo de qualquer um dos serviços é de 70€. O espaço funciona por marcação, mas têm sempre horários disponíveis para quem chegue na hora. “Sou absolutamente contra deixar o cliente à espera meses para conseguir uma marcação”, referiu Mónica.

Além de Carlos Amorim, o espaço conta com vários outros artistas internacionais que são presença habitual em convenções no estrangeiro e muitos deles são mesmo premiados. A NiT visitou esta nova loja e mostra-lhe alguns dos seus principais recantos. Carregue na galeria para ver tudo ao pormenor.